terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Gramado RS 10/13

Olá, pessoal, como havia comentado com vocês, em Outubro demos uma fugidinha no fim de semana para Gramado, eu não conhecia e fiquei encantada, com arquitetura europeia, me fez sentir como se estivesse na Suíça.
Apesar de ser primavera, fomos agraciados com um clima friozinho, o que deixa a cidade ainda mais charmosa e com pessoas bonitas e muito bem vestidas na rua.
A cidade já estava decorada para o natal, mas infelizmente ainda não acendiam as luzes, mas ainda assim, deu para sentir o clima natalino que enche de magia o lugar.
Nos hospedamos no Hotel Serrano, que fica bem em frente ao lago onde ocorre o show de luzes no natal iluminado. O hotel é excelente, ótimo café da manhã, suíte ampla, com aquecedores, porém ficamos um tanto incomodados com o barulho que vinha da rua, minha dica é que peçam um quarto voltado para os fundos, evitando assim esse inconveniente.
Eu ADORO turismo gastronômico, e confesso que foi difícil escolher entre as diversas opções de restaurantes, todos, isso mesmo todos, muito bem decorados, com cardápios bem atrativos, e diversas opções de especialidades, para os amantes de massa há cantinas, para os amantes de carnes há as casas especializadas em Parrilas, para os amantes da comida Suíça há diversas opções de fondues, enfim é um paraíso gastronômico que certamente agradará seu paladar.
Se você é daqueles que adora ¨fuçar¨ lojas, aproveite, são várias, umas com marcas de grife, outras não, ah, você encontra roupas em couro com preços bem bacanas.
Apesar de ter sido uma viagem relâmpago, deu para aproveitar bem a cidade, separe um tempo para tomar um delicioso café ou tomar um sorvete na Casa Alves Bistrô, fiquei encantada com o lugar e as guloseimas, ela fica na galeria bem ao lado da igreja matriz.
 Logo mais farei o post sobre Gramado, que é uma delícia também, mas é uma cidade mais aventureira e com mais atrações de diversão para toda a família.
Se tiver alguma dúvida, estou a disposição.
 
Agora as fotitas.
Lago Negro
 













Os doze apóstolos igreja Matriz





 

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Fugidinha para Gramado RS

Olá, pessoal.
Estou super feliz, acabamos de fechar um fim de semana em Gramado para Outubro de 2013, na verdade eu gostaria de ter ido no inverno, mas como utilizamos milhagem, só conseguimos adquirir as passagens para Outubro. Mas ainda assim, estou muito animada, pelo que vi no site da cidade, na primavera o clima varia muito entre frio e calor, então vamos fazer uma mala bem mista. E me parece que a cidade fica extremamente linda e florida, depois eu conto tudinho.
Gostaria de contar com a ajuda de vocês, com relação aos passeios, se você já foi a Gramado nessa época, conte-nos como foi sua experiência.
 
Abraços.

terça-feira, 30 de julho de 2013

Planejando as férias 2014

Olá, pessoal, peço mais uma desculpas pelo meu sumiço, tive um problema com o blog, agora está tudo resolvido, graças a Deus.

Então, para as férias de 2014 vamos fazer um tour pela América Latina, Primeiro vamos fazer um cruzeiro que parte de Santos -SP, passando por Benos Aires, Montevidéu e Punta Del Leste.
Será a nossa primeira vez num cruzeiro, por isso decidimos fazer uma viagem curta, para saber como vamos nos comportar no navio, já que muitos relatam que passam muito mal e acabam não curtindo muito a viagem, caso não sintamos o efeito de estar em alto mar, pretendemos um dia fazer um cruzeiro pela Grécia e outros países europeus, mas isso são planos futuros.
Fechamos essa viagem com a agência de turismo CVC, nós gostamos de fechar nossos pacotes com antecedência para podermos parcelar, fechamos em Abril , assim em Janeiro quando formos viajar, já estaremos finalizando os pagamentos, então sobra um pouco mais para gastarmos nos destinos.
Planejar é o segredo para fazer uma boa viagem, e não se "atolar" em dívidas, nem se privar de passeios ou de conhecer aqueles restaurantes mais badalados.
 
Logo no dia seguinte do nosso desembarque aqui no Brasil, vamos para a segunda etapa de nossa viagem, vamos a Santiago de Chile, nós passamos nossa lua de mel lá em 2011 e como não poderia ser diferente, nós amamos tanto que voltaremos em 2014 para acompanhar os meus sogros.
Veja posts aqui Santiago Chile, Portillo Chile, Valparaiso Chile, Isla Negra Chile, Estância El Quadro Chile, Concha Y Toro Chile . Para essa viagem usamos as milhas para comprar as passagens, isso mesmo é possível utilizar milhas.rs claro que tem que planejar com antecedência e ficar de olho porque a quantidade de passagens que as companhias aéreas disponibilizam para aquisição por milhagem é muito pequena, então vale a pena acompanhar sempre para ver disponibilidade.
 
Se você já fez alguma viagem de cruzeiro, por favor, me passem suas dicas, deixem seus comentários.

quarta-feira, 10 de julho de 2013

A Bodega Santo Antônio do Pinhal

A bodega é mais que uma cachaçaria, é um lugar muito agradável, com um jardim muito lindo, cenário perfeito para tirar aquelas fotos que ficarão como recordação da viagem.
Claro que os homens não foram á para tirar fotos, na cachaçaria existem vários sabores da cachaça que é preparada por eles mesmo, além de deliciosos embutidos artesanais como a linguiça de Javali, que pode ser consumida no bar, ou ainda se pode levar para viagem.
A entrada é gratuita, o ideal é ir durante o dia, pois a estradinha é bem sinuosa, ah e claro eleja alguém que não beba para dirigir depois da bebedeira.
Reserve pelo menos duas horas para o passeio caso deseje degustar as cachaças ou mesmo ficar no bar bebendo e petiscando.
Vale a pena conhecer.
 
 
 

Ville Sans Souci Santo Antônio do Pinhal 2013




E começa nesta semana a minha estação do ano preferida, o inverno convida ao aconchego, a ficar agarradinho, a elegância ao se vestir, convida a uma rodada de vinho com amigos ou com o amor, convida a degustar pratos quentes que são um carinho ao paladar.
Os dias mais frios são ideais para se programar aquela viagem ás serras, ao menos uma vez ao ano vamos a Campos do Jordão e Santo Antônio do Pinhal, que fica bem pertinho aqui de São Paulo, se a grana estiver "curta" é possível ir e voltar no mesmo dia, saia bem cedo e aproveite ao máximo o dia.
No ano passado conhecemos uma pousada que nos cativou muito, tanto eu como meu marido não gostamos de ir sempre aos mesmos lugares nem de nos hospedarmos nos mesmos hotéis, mas com a pousada Ville Sans Souci foi diferente, fomos em Junho de 2012 e voltamos esse ano com mais três casais de amigos.
O diferencial, é que os próprios donos cuidam de cada detalhe de sua estadia, são muito simpáticos e receptivos, nada é impessoal, em todos os momentos fomos tratados como se fossemos conhecidos de velha data.
Além disto os chalés são impecáveis, toalhas e roupas de cama limpos e de alta qualidade, copa bem equipada com micro-ondas, taças, pratos e talheres. Se quiser um jantarzinho intimista e romântico pode pedir para que sirvam a fundue no quarto, leve um bom vinho, acenda as velas e a lareira e curta a noite.
Como fomos com em casais eles prepararam uma mesa linda para que pudéssemos jantar na própria pousada, a fundue foi a melhor que já comi, melhor até que comi na Suíça, a massa era leve e saborosa e haviam geleias para harmonizar, ficou divino.
O café da manhã é completo e delicioso, com bolos fresquinhos, pães variados, geleias e manteigas importadas, sucos, ovos mexidos, pães de queijo, tudo perfeito e delicioso, meu destaque especial vai para os pastéis Ville Sans Souci, deliciosos pasteizinhos de pinhão, irresistíveis.
Eu super indico a pousada, são apenas cinco chalés, então o ideal é reservar com antecedência, o preço é justo e vale cada centavinho.


Lado externo do restaurante


Lareira no restaurante da pousada


Mesa especialmente preparada para nós.
 

quarta-feira, 5 de junho de 2013

O Rei Leao - TIME FOR FUN - T4F

O Rei Leao - TIME FOR FUN - T4F

Tudo o que você precisa saber para fazer uma boa viagem






Bom dia, pessoal. a aviação civil atualizou o Guia que traz informações importantíssimas aos viajantes de plantão, essas informações tangem os direitos e deveres do viajante.

o Guia do Passageiro é distribuído, principalmente, nos aeroportos que possuem Autoridades Aeroportuárias instituídas, cuja coordenação é da Infraero. Claro que nós prevenidos como somos, queremos saber das informações antes de viajar não é?
 
A boa notícia é que o guia também está disponível para consulta na internet no site da aviação civil, da Infraero, da Ananc, Da Polívia Federal, da Anvisa, Do Ministério da Agricultura e das companhias aéreas. Nas páginas finais do Guia você encontra os endereços e telefones dessas instituições.
 
 

O Guia traz desde informações básicas como cuidados para adquirir as passagens, até informações sobre peso das bagagens, como se comportar antes da viagem, durante o vôo, que postura tomar quando o vôo é cancelado, enfim, vale muito a pena perder um tempinho para averiguar essas informações.
 
 Então vamos lá, se você está planejando suas férias, vale muito a pena consultar o Guia a fim de evitar surpresas pelo caminho.http://www.aviacaocivil.gov.br/arquivos/guiadopassageiro
 
 
 
 
 
 
 
 
 

terça-feira, 21 de maio de 2013

Viagem à vista Santo Antônio do Pinhal

Bom dia, amigos, faz um tempinho que não passo por aqui, mas eu não me esqueci de vocês e nem do blog é claro, apenas a correria da vida, acho que vocês entendem.
 
A boa notícia é que dia 16 de Junho daremos uma pausa na rotina, locamos um chalezinho em Santo Antônio do Pinhal, já ficamos hospedados por lá no ano passado, adoramos a receptividade dos donos do Chalé, tanto que decidimos voltar.
A pousada se chama Ville Sans Souci, os chalés são bem aconchegantes, com lareira e copa para preparo de pequenas refeições, as áreas comuns são extremamente bem preservadas, assim como a natureza exuberante do local, mas para mim o que mais chama a atenção é o cuidado que os próprios donos tem para que você se sinta em casa. No café da manhã são servidos bolos fresquinhos e produtos de primeiríssima qualidade. Ah, eles também servem a fundue de queijo no quarto é só pedir. Então imagine, friozinho, você, seu amor, lareira, vinho e fundue.(irresistível)
Santo Antônio do Pinhal é uma alternativa mais econômica a Campos do Jordão, claro que a cidade ainda não tem a mesma infraestrutura, mas podemos encontrar bons restaurantes com preços mais atrativos, e o clima de serra super aconchegante, e o melhor de tudo é que fica muito pertinho de Campos sendo possível se hospedar em Sto Antônio e passar o dia, ou simplesmente ir jantar em Campos.
Esse ano vamos com mais três casais de amigos, estou super ansiosa, afinal não tem coisa melhor que estar com pessoas legais em lugares legais.
Que tal dar uma pausa na rotina e fazer uma pequena viagem para aproveitar a serra neste inverno, garanto que você não irá se arrepender.
Logo posto as dicas de Sto Antônio e de Campos do Jordão e umas fotos mais recentes, essas que vou postar aqui são do ano passado.
Caso planejem ir e precisem de dicas deixe seu comentário que eu respondo com prazer.
 
Igreja Sto Antônio do Pinhal

Lareira Chalé Ville Sans Souci

Pousada Ville Sans Souci

Vista da Pusada


sexta-feira, 26 de abril de 2013

Mudanças no Aeroporto de Cumbica em São Paulo

Olá, pessoal, desculpem meu sumiço, por esses dias estive muito atarefada com meu trabalho com os doces, graças a Deus, por isso não tive muito tempo para escrever no blog, mas sempre que posso confiro as notícias que podem ajudar aos viajantes de alguma forma, e hoje encontre uma notícia muito bacana e vou replicar para vocês.
 
Novos terminais de autoatendimento no aeroporto internacional de Cumbica, em Guarulhos (Grande São Paulo), permitirão ao passageiro imprimir a própria etiqueta de bagagem --além de fazer o check-in e emitir o cartão de embarque, funcionalidades já disponíveis hoje.
A intenção é reduzir filas e o tempo gasto no check-in. O serviço, inédito no país, começa a partir de agosto para companhias nacionais e internacionais. O custo será dividido entre concessionária que administra o aeroporto e empresas aéreas.
Serão 100 totens, compartilhados entre todas as companhias, espalhados em "ilhas" ao longo dos terminais 1 e 2. Hoje há 25 totens, de empresas ou grupo de empresas.
Um passageiro leva de dois minutos e meio a três minutos no atendimento no balcão de check-in, fora a fila, que pode chegar a meia hora. O tempo no balcão cairá à metade se o passageiro usar o totem para imprimir a etiqueta, segundo a GRU Airport.
A razão: o passageiro fará o processo sozinho, via autoatendimento, e entregará a bagagem em balcões específicos. Se houver excesso de bagagem, a respectiva taxa será cobrada na hora.
Passageiros eventuais tenderão a ter alguma dificuldade com o sistema no início. Balcões físicos continuarão à disposição de quem não quiser usar o autoatendimento.
"Há um certo tempo de aprendizagem. Mas a melhoria é significativa. Temos pesquisas que mostram que os passageiros etiquetam a bagagem melhor do que o funcionário da companhia, até porque aquela é a bagagem dele", disse Elbson Quadros, diretor comercial da Sita, que fornece o sistema de autoatendimento às empresas.
Chamado no exterior de "self bag tag" (autoetiquetagem de mala, em tradução livre), o dispositivo é usado em aeroportos no mundo, como Chicago, Viena e Amsterdã, e também por companhias aéreas nos Estados Unidos.
Equipamentos de etiquetar bagagem integram um conceito chamado de "viagem rápida" difundido pela Iata, a associação internacional de transporte aéreo.
Esse projeto começou em 2007 e vai até 2020 --para 2013, o objetivo é atingir 20% em abrangência mundial.
Também integram a iniciativa de "viagem rápida" o check-in de autoatendimento e on-line, ambos já usados nos principais aeroportos brasileiros; a possibilidade de obter novo cartão de embarque se um voo for cancelado, além de portões de embarque eletrônicos e totens para atender passageiros cujas malas tiverem extraviado.
 

terça-feira, 2 de abril de 2013

Foz do Iguaçu Brasil e triplice fronteira

Bom dia, Pessoal, espero que a páscoa de vocês tenha sido tão boa quanto a minha, eu não viajei, porque esta data para mim é santa, então me reservo para pensar em como ser uma pessoa melhor.

  • Foz Do Iguaçu

Hoje vou falar de uma viagem que fizemos a um tempinho, Foz do Iguaçu é um destino barato, cheio de encantos e belezas naturais, sem contar com a facilidade de em minutos poder atravessar a fronteira e passar para outro país, já que a cidade faz fronteira com a Argentina e com o Paraguai.
Essa viagem foi meio na loucura mesmo, fomos numa sexta-feira a noite e voltamos num domingo, a correria foi porque estavam para expirar umas milhas de viagens, e se não comprassemos as passagens logo, perderiamos o benefício. O nosso voo saiu bem tarde chegamos em Foz por volta de 2 da manhã, mas ainda encontramos pique para aproveitar o sábado, claro que eu gostaria de ter mais tempo por lá, já que não fizemos todos os passeios.
As cataratas são um espetáculo da natureza, fomos em Agosto o rio Iguaçu estava cheio e as cataratas desenhavam lindos véus, a coisa mais linda de se ver, sem contar os arco-íres que se formam pela luz do sol  reflatindo nas gotículas de água.
Em cerca de 225 mil hectares de florestas, o Parque Nacional do Iguaçu encerra uma das reservas ecológicas mais belas do planeta, sendo reconhecido pela Unesco como Patrimônio Natural da Humanidade.
 Além das Cataratas e da vegetação exuberante, o Parque protege mais de 340 espécies de aves. O Parque dispõe de trilhas interpretativas e atividades de ecoaventura: rafting, rapel, escalada em rocha, arvorismo e passeios de barco em meio às quedas. É possível também sobrevoar as Cataratas de helicóptero, eu queria muito fazer  esse passeio, mas não tivemos tempo para isso.
A cidade possui um amplo parque hoteleiro, sistema de transporte público e gastronomia.
Locamos um carro para nos locomovermos pela cidade, mas há ônibus que vão para todas as partes, além dos taxis que também não saem caros, porque é tudo muito perto.
  • Parque das Aves

No domingo, como nosso voo saia as 15:00 fomos ao parque das aves, confesso que eu sou completamente urbanóide, acho tudo lindo, mas tenho medo de tudo o que voa. (rs).
O parque é lindo, com muitos, flamingos, tucanos, papagaios, e muitas outras espécies de pássaros, é possível entrar nas gaiolas gigantes e interagir com os bichinhos, para quem gosta é um prato cheio.

 

     

  • Argentina

Logo depois da fronteira há uma loja do Free Shop, com preços bem bacaninhas, acabamos nos entretendo tanto, na loja que nem conhecemos a cidade, que nos foi muito bem recomendada para Jantar ou jogar num dos cassinos, mas como estavamos muito cansados decidimos não voltar a noite e jantamos em Foz mesmo.
  • Ciudad Del Leste

Tenho que dar o braço a torcer, fui eu quem insistiu muito para irmos ao Paraguai, porque uma amiga minha me indicou uma loja chamada Monalisa, que vende produtos originais com preço melhor que o free shop. Meu marido não fazia questão nenhuma de ir, mas eu...
Enfim, lá fomos nós, totalmente inocentes, com o carro locado e com placa de Foz, me assustei com a fronteira, que é completamente diferente da Argentina, gente, que medo, muito trânsito, muita gente á pé, muita gente puxando caixas de cigarros pelos buracos que há nas cercas das pontes.
Conseguimos atravessar a fronteira, mas a cidade era muito, mas muito desordenada mesmo,  no meio do trânsito caótico, muitas crianças vendiam de tudo e gritavam palavras que não conseguiamos entender. Ficamos uns 40 minutos naquela loucura, não conseguimos estacionar, então decidimos dar meia volta e ir embora, mas não foi tão simples assim. Quando pegávamos o retorno para tomar a ponte no sentido do Brasil, os guardas de trânsito nos obrigavam a voltar, e ficamos um bom tempo a andar em círculos, até que resolvemos ouvir o que uma criança gritava fora do carro, ela dizia: tienes que comprar los guardas, aí tudo ficou claro, tivemos que pagar R$ 25,00 para o guarda e R$ 10,00 para o garoto.
Moral da história, nunca vá ao Paraguai com um carro com placa do Brasil, eles " tiram o coro mesmo", Pagamos 35,00 apenas para sair da cidade. Não compramos nada, perdemos nosso precioso tempo rodando em círculos e ficamos extremamente frustrados.
Depois é que ficamos sabendo que as pessoas vão de ônibus, taxi e até motos e entram e saem sem maiores problemas.


  • Documentos para Alfândega 

 Para cruzar as fronteiras é necessário RG ou passaporte, mas atenção se o seu documento foi expedido quando era criança, ou se estiver rasuras, ou rasgos providencie um novo documento, caso contrário corre o risco de não poder entrar nos países.

Foz do Iguaçu

 
Foz do Iguaçu

 

Adicionar legenda

Cataratas do Iguaçu

 
Cataratas

 
Cataratas do Iguaçu

 
Adicionar legenda

Flamingos, Parque das aves

 
Tucano parque das aves


quarta-feira, 20 de março de 2013

terça-feira, 19 de março de 2013

Lembranças e Andanças: Lazer em São Paulo

Lembranças e Andanças: Lazer em São Paulo:     Esse fim de semana fomos ao Espaço Itaú de Cinema na sala IMAX, já assisti muitos filmes 3D, mas confesso que fiquei simples...

Santiago de Chile


 

Santiago é uma cidade encantadora, moderna e agitada como qualquer grande metrópole, com muitas pessoas andando de um lado para outro numa incrível movimentação, o transporte público é muito bom, andamos de metrô numa boa, os trens são novos e não passamos aperto em nenhuma vez, nem mesmo quando o tomamos em horário de pico.
Tivemos o privilégio de encontrar o Leonardo, um guia credenciado da CVC que é chileno, mas que morou aqui no Brasil por 12 anos, uma pessoa muito simpática e muito bem humorada, que nos deu muitas dicas de restaurantes, e passeios por Santiago.
Ficamos hospedados no Hotel Blue Tree Fundador,  eu particularmente gostei do Hotel, era bem localizado, próximo a estação de metrô, e de fácil acesso à pé ao Palácio de La Moneda e ao Cerro Santa Lucia.

Onde comemos:


Nos indicaram muitos restaurantes, a culinária chilena é maravilhosa, se você gosta de frutos do mar como eu, vai passar muito bem com certeza.
  • Azul profundo


Restaurante com decoração bem peculiar, lembrando praia, e como o próprio nome sugere, a especialidade da casa são frutos do mar, ainda me lembro, cheia de vontades, do sabor da caldeirada que comemos, estava DIVINA.

  • Como água para Chocolates

  • Restaurante afrodisíaco

Ambiente térreo Como água para chocolate

Mesa especial, no formato de cama.


O Ambiente é romântico, rústico e aconchegante, vá sem pressa, pois o serviço é bem demorado, não que seja ruim, pelo contrário, a idéia é que se possa comer sem pressa curtindo a ambiente e a compania, os pratos são afrodisíacos e o restaurante teve esse nome baseado no livro mexicano como água para chocolate.
Como reservamos o restaurante para o último dia em Santiago, já não queríamos mais frutos do mar, então decidimos por um prato com um mix de carnes, frangos, linguiça, era enorme, não estava tão bom assim, deixamos muita comida no prato, mas recomendo pelo atendimento, pela sobremesa e também pelos pratos, só aconselho a não pedirem carne, pois esse não é o forte da casa.

O restaurante giratório também é muito badalado e necessita de reserva prévia, não conseguimos ir até lá, mas é um dos mais indicados
Não se esqueça de fazer sua reserva, já que este é um dos mais badalados restaurantes de Santiago.
Claro que jantamos em outros lugares em Santiago, mas esses foram os que me deixaram o nome na memória,  como ainda nem pensava em escrever sobre o blog não tirei fotos, nem me atentei aos nomes, mas indico o Pátio Bela vista, certamente encontrará bons restaurantes para sua escolha.
  • Mercado Municipal

 Um dos pratos mais famosos do Chile é a centolla, um caranguejo gigante e muito carnudo, como nós adoramos tudo o que vem do mar, fomos com uma expectativa muito grande ao mercado municipal para provar a iguaria, já que os guias faziam indicação de um restaurante do mercado, como sendo o melhor lugar para se comer a centolla.
Ahhh, que decepção, o restaurante tinha uma aparência suja, estava superlotado e o preparo da centolla também deixou a desejar, eles apenas a cozinham em água com sal, e ela é trazida à mesa inteira, o que é legal é ver o garçom destrinchar o caranguejão ali mesmo na sua mesa, mas definitivamente não vale o preço, que por sinal é muito salgado, essa foi a pior e mais cara refeição que fizemos.
Lendo em outros blogs, vi indicações de lugares para se comer a centolla, onde ela é preparada de forma mais elaborada, acredito que deva ser uma delícia, porque comer qualquer coisa cozida somente em água e sal, não me agrada muito mesmo.
centolla Mercado Municipal

Garçons destrinchando a centolla

Curtindo a cidade.

Passear pelo centro histórico de Santiago é o máximo, existem muitas lojas de ruas, e muitos, mas muitos cafés, alguns deles famosos pela ousadia das garçonetes, como é o caso do café com pernas, onde as moças que servem, usam mini saias, fomos em busca de um famoso café chamado café macumba, e quando chegamos lá, nos deparamos com uma casa de prostituição, é claro que nem chegamos a entrar, rimos muito com a cena, não era bem esse tipo de café que procurávamos.

A igreja matriz é linda e fica numa praça muito movimentada ao final do dia e aos finais de semana, é passagem obrigatória dos turistas que visitam a cidade.

Cerro Santa Lucia

Separe um horário para visitar os Cerros, bem próximo ao centro está o Cerro Santa Lucia, um mirante para a cidade e para os Andes, vá com um calçado muito confortável, pois a ladeira é grande, 70  de subida  que é feita a pé, por uma escada, então nada de preguiça, o exercício vale a pena quando se está lá em cima. O lugar é calmo, arborizado e perfeito para os pares apaixonados.
Cerro Santa lucia

Cerro Santa Lucia

Mirante Santa lucia

Santiago vista do alto

Cerro Santa lucia

O cerro visto de cima

Escadaria



Cerro San Cristobal

É um dos maiores cerros da cidade, e possui ótima infra-estrutura, passamos uma tarde muito agradável por lá, para subir tomamos num funicular, mas andei lendo por ai que a subida pode ser feita á pé ou mesmo de bicicleta,  aliás a subida com o funicular é feita até uma parte do trajeto, a outra deve ser feita a pé mesmo.
Senti uma paz muito grande, o dia estava lindo e podíamos contemplar toda a metrópole e também os Andes, tudo estava muito florido, lá no topo está a igreja o Santuário de la Imaculada Concepcion, que lugar de paz, incrível como as pessoas respeitam o sagrado, alguns falavam baixo, mas a maioria fazia silêncio e o clima era de oração, no ambiente uma suave música tocava, deixando a experiência ainda melhor.
Mapa do Cerro San Cristobal
Como fomos num final de tarde, não tivemos tempo de usufruir de tudo, mas lá há também um parque e  um zoológico, como Santiago está na minha lista de lugares que eu quero voltar, da próxima vez quero passar um dia inteiro nesse cerro.
funicular que dá acesso ao topo

Vista de cima do cerro

Santiago vista de cima

Vista das cordilheiras

Imagem de Nossa Senhora da Conceição

altitude do cerro

Cerro San Cristobal








Pátio Bellavista

Como descrevi logo acima, o Pátio Bellavista é um dos points noturnos de Santiago, com uma grande concentração de restaurantes e lojas de artesanatos, também nas proximidades do pátio estão outros restaurantes de renomes de Santiago.
Pátio Bellavista

 



Troca de Guarda

Que privilégio poder acompanhar a troca de guarda do Palácio de La Moneda, é muito legal ver o patriotismo, muitas pessoas param para acompanhar o "espetáculo", eu adorei.
Palácio de La Moneda
Guarda nas ruas



Ritual de troca de guarda





Troca de guarda



Santiago me deixou uma grande saudade e u pretendo voltar, com certeza, mesmo que seja para dar aquela escapadinha básica num feriado prolongado, a culinária, os vinhos, as empanadas chilenas, o povo chileno, tudo é maravilhoso, eu sinto um certo preconceito quando digo que visitei o Chile, é que infelizmente as pessoas julgam antes de conhecer, espero que isso mude, acho que devemos ir a qualquer lugar e tirar nós mesmos as nossas lições  e conclusões.